sexta-feira, 30 de abril de 2010

Algo que me incomoda, é essa minha mania de insistir no que não vai vingar; nessa minha maldita mania de acreditar no impossível; de esperar o que não vem; de desejar o que não existe;
Nada me atrai nem me desperta interesse; tudo me parece comum demais, e, não ser comum também já se tornou banal; tudo é modinha, tudo é aparência; eu procuro a essência, ou, a combinação de ambos, porém, não encontro; talvez esteja procurando pouco e desejando muito, ou talvez, está tão na minha cara que não consigo ver!
Só sei que, meu desejo tende a crescer mais e mais, tomando proporções as quais sairão de meu controle!

Nenhum comentário:

Postar um comentário