terça-feira, 1 de dezembro de 2009

Necessidade, ou mais!

As vezes penso que sim e você traz o não, surge o talvez e as esperanças renascem, trazendo de cara a dor do não que vem com o talvez, voltando ao não pra me deixar mal, então você vem, e me diz novamente que sim, me reconstituo aguardando ansiosamente pelo momento em que nos veremos, mas antes desse momento chegar, voltamos ao início, você indiretamente demonstra que o não voltou, e assim continua, sim, não, talvez, não, talvez, sim...
Necessidade, ou mais! Meu maior medo, é que tudo que penso que sinto seja real, e que tudo que quero que sinta, seja ilusão... E o pior de tudo, é que não sou capaz de acabar com isso, de dar um basta. Não sei o que acontece, mas quando falo contigo, tudo em mim se modifica, fico sem fala, sem reações, tenho vontade de gritar e uma alegria descontrolada surge de dentro de mim, sensações que nunca senti, eu realmente nunca senti. É estranho, confuso, desgastante, e quando vejo seus textos - aaaaaaah, seus textos - o que eu daria para ser a pessoa que te inspira; queria ser pra ti, o que você é pra mim. Agora, na situação em que me encontro, mais uma vez me sinto desnorteada, me sinto uma imbecil, querendo entrar numa batalha a qual já entro perdendo, principalmente pela minha enorme desvantagem em relação as competidoras; quero desistir, preciso desistir, afinal não tenho chances, e posso dizer que toda essa confusão está me machucando, e a armadura não está aguentando, mas algo me faz continuar, pois sei que o prêmio final é tudo o que o meu eu necessita.
Necessidade, ou mais! Quero você ao meu lado, e mesmo sabendo que querer pouco muda, afinal, você também já quer alguém, que infelizmente não sou eu; mesmo sabendo que todos os meios existentes estão vindo contra tudo isso, sempre tem algo a mais me empurrando pra frente, me fazendo persistir em ti.
Você, algo o qual não sei se conseguiria ficar sem, você ocupa todos os vácuos, me fazendo pensar em ti, somente em ti e mais nada, quando me dou conta, estou sempre buscando formas, maneiras, falas, tudo da forma mais linda, para tentar te conquistar. É, você já virou uma necessidade, ou mais!

Nenhum comentário:

Postar um comentário