sábado, 19 de dezembro de 2009

Imensa necessidade de te dizer tudo o que sinto!

Hey, espere!
Sei que vai parecer estranho, ou até infantilidade de minha parte, mas, eu preciso te dizer; preciso por pra fora o que tanto tenho reprimido e escondido aqui dentro. Preciso dizer que quando te vi, senti que não ia acabar naquele instante, senti que juntos poderíamos ir além, senti que você era tudo o que vim esperando durante tanto tempo.
Hey, espere!
Sei que você vai achar que sou louca, o que não deixa de ser a realidade, sou louca sim, louca por você; O que sinto não há formas de expressar, é algo que veio rápido e com uma intensidade a qual me deixou sem rumo, sem controle, perdida e completamente apaixonada por você.
Hey, espere!
Não, isso não é exagero, talvez, isso não chegue nem perto do que preciso dizer, talvez, isso não chegue nem perto do que você precisa saber, talvez, isso nem chegue perto do que preciso 'fazer' para te ter. E para te ter, sinto que já é tarde demais...
Hey, me espere!
Por favor, não vá, não me deixe aqui. Sei que a culpada de construir planos em cima de algo o qual não tinha base alguma, em cima de "nós", sem existir um nós, e sim um "eu"; pensando, idealizando e imaginando um futuro "nós'', o qual jamais existirá, afinal, o teu "nós" já se tornou completo. Não entendo o por que disso, pensei que eu estava me saindo bem! Talvez, o lance seja se unir a Deus. /off.

Nenhum comentário:

Postar um comentário