quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Par ideal -N


Sei que não sou o que você sonhou, saio dos padrões convencionais, não me enquadro em medidas exatas, corpos esbeltos e mentes vazias. Vou muito além disso, eu sou eu, e fim.
Então não tente me moldar e querer me tornar uma obra de arte a qual você 'criou', não tente me mudar, e jamais pense que vou ser da forma que você deseja. Posso me arrepender por isso, pois agindo assim posso te perder.. Mas no final, se não me quiser é porque não era pra ser.
Prazer! Sou Angélica, e é assim que serei pra sempre, ou até quando eu achar que devo ser.

Nenhum comentário:

Postar um comentário