sábado, 14 de novembro de 2009

Já tá na cara.

Chega a ser estranho saber que, você, veio assim, do nada, e acabou mudando tudo. É. Agora, me deparo contigo no pensamento à todo instante, me perco em ti e te desejo como nunca desejei algo antes. Você parece tão surreal, tão, tão, tão tudo...
E não vou negar que isso me assusta, pois o meu medo de acordar amanhã e perceber que isso tudo não passou de um sonho lindo com a tua aparição é grande. Mas independente disso, vou continuar e persistir em ti, afinal, eu te quero.
E quando eu quero eu não desisto!

Nenhum comentário:

Postar um comentário